Encontro dos Capitães antes da final da Série Mundial

Os capitães das 16 equipes que participam da rodada final da Série Mundial de Rugby HSBC 2019, realizada em Paris neste final de semana, se reuniram hoje na Torre Eiffel.

À medida que a temporada chega ao fim, a corrida pelo título da série é mais feroz do que nunca, com apenas dois pontos separando Fiji (164) e EUA (162) na primeira e segunda posições.

Depois de serem coroados campeões da Copa em Londres no último fim de semana, Fiji ultrapassou os EUA na tabela de classificação e vai buscar outra vitória neste fim de semana para terminar a campanha de 2019, com o capitão das Ilhas Fiji, Paula Dranisinukula, comentando: “Vamos lutar pelo número um e estamos ansiosos para isso. Será um fim de semana agradável para os garotos no campo, mas também para os espectadores daqui de Paris. ”

Os fijianos tiveram o dobro do motivo para comemorar o último fim de semana, pois confirmaram sua vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, garantindo que terminariam entre os quatro primeiros da classificação do HSBC World Rugby Sevens Series.

Eles foram acompanhados pelos EUA e Nova Zelândia, que também ganharam a qualificação e a África do Sul se uniu a eles, precisando simplesmente entrar em campo em Paris para confirmar seu lugar.

Assim como as quatro melhores equipes da série HSBC World Rugby Sevens desta temporada qualificam-se automaticamente para as Olimpíadas de Tóquio 2020, o Japão também estará representado quando o rugby sevens fizer sua segunda aparição nos Jogos Olímpicos no próximo verão.

Esforçando-se para recuperar o primeiro lugar na classificação, o capitão dos EUA, Madison Hughes, comentou: “Até agora, está tudo bem – tem sido uma boa temporada até este ponto e o trabalho é acabar com isso.

“Sabemos que Fiji é uma equipe fantástica e que será uma etapa difícil, por isso vamos fazer tudo o que pudermos para terminar com uma nota alta e nos dar a melhor chance possível de sucesso.”

A anfitriã França fez história no último final de semana ao derrotar a Nova Zelândia por 19 a 14 nas quartas-de-final da Copa, que os levaram às semifinais, onde foram derrotados pela Austrália.

https://www.youtube.com/watch?v=dbA2W22ZyQ8

Eles esperam que sua forma continue em seu torneio em casa no Stade Jean-Bouin neste fim de semana com o capitão Jean Pascal Barraque comentando: “É um prazer terminar a série em Paris porque fizemos uma grande apresentação em Londres e nós esperamos continuar dessa forma na frente da torcida de casa. ”

O capitão da seleção da Irlanda, Billy Dardis, está ansioso por sua aparição no HSBC Paris Sevens depois de se encontrar com um experiente Fiji nos quartos-de-final do HSBC London Sevens, comentando: “Estamos muito satisfeitos em estar aqui em Paris, semana passada foi muito boa, com algumas boas vitórias. Obviamente aprendemos muito jogando com times grandes como Fiji e Nova Zelândia, mas estamos animados para continuar e estamos ansiosos para o sábado.”

O sorteio da competição pôs os líderes da competição Fiji contra a Inglaterra, Irlanda e Argentina, no Grupo A. O Grupo B é o quarto colocado, a África do Sul, ao lado do País de Gales, Austrália e Quênia. O segundo colocado, EUA, vai batalhar contra o Canadá, Samoa e Espanha no Grupo C, e a anfitriã França se vê contra a Nova Zelândia, Escócia e Japão.

Os jogos começam no Stade Jean-Bouin às 06:00, horário de Brasília, no sábado, com o Canadá enfrentando Samoa.